Boas vindas a quem chega!

Este é um blog destinado a falar de tarot. Para escrever sobre tarot e suas infinitas possibilidades. Para ler tarot, presencialmente ou online.

Para agendar a sua leitura, entre em contato: pietratarot@icloud.com ou (11) 98136-2050

sábado, 31 de março de 2012

Dignidade ao trabalho, ao oráculo

Na antiguidade, nada se fazia sem o oráculo. Guerras, casamentos, negócios, colheitas... aos ritos e eventos, a toda a marcação de tempo e fazeres, o oráculo fazia parte da sociedade.

Delfos. Dodona. Olímpia. Apollo... Zeus... as vozes dos Deuses conhecidas na terra para orientar os humanos. Um olhar sobre o que podemos ser.

Fico pensando como as coisas entraram em outro patamar hoje. Da perda da dignidade tanto de quem trabalha com isso quanto do próprio oráculo.

Para se consultar em Delfos era preciso ser a época propícia, pagar os préstimos ao templo e a Apollo, estar purificado.

Hoje vemos o tarot voltado para amarraçõesdoamor ou pessoas querendo que o tarólogo resolva magicamente meia dúzia de presepadas nas quais o consulente se meteu.

Eu sei que o tempo histórico fez o oráculo ir nas cartas e fazer com que ele estivesse nos bolsos dos soldados, nas bolsas das ciganas. Andando o mundo. Tomando o mundo.

Pelo tempo, mulheres e homens se tornaram tarólogos e, se formos nos aperfeiçoando como O Eremita dita, deveríamos estar sim correndo, talvez em trabalho de formiguinha, a fazer com que as coisas se esclareçam.

Tarot é sim dO Mundo.
Porém, nós, tarólogos, temos de ser seus zeladores. Seus curadores. Para que não se faça mal uso. Para que seu nome não seja usado em vão.

Pietra,
que a acha que certos programas de tv precisam (faz tempo) de bons redatores. Notícias Populares não existe mais, people.

Esperança

Estrela sabedoura...

domingo, 18 de março de 2012

Temperança e o tempo de ser mulher

Golden Tarot
Desde que a Lua Cheia despontou e trouxe A Temperança, com suas taças... seus pequenos úteros vertedores e transformadores, que fazem água e vinho se tornarem uma outra coisa, as mulheres do tarot andam a minha volta.

Primeiro, a rainha de paus... se expressa.

Depois, a rainha de ouros... se arruma.

Essa semana, A Imperatriz. Chega de ensaiar. É hora de ser!

São tantos tipos diferentes de mulher... tantas combinações que podemos viver. A mulher, a Imperatriz da nossa essência, que vive as transformações.

Vamos ver, quantas mulheres diferentes é possível ser em uma lua!

Pietra

quarta-feira, 14 de março de 2012

Dê as costas para a Temperança

New Vision Tarot
e sue corpo destempera.

Engraçado como movimentos do tarot são manifestos em nossos corpos.

Há um tempo, eu queria entender como era que isso se dava. Quero dizer, como é que eu sei que tirar um Imperador pode significar uma atenção a mais para o sistema nervoso, stress e cansaço? Exagerando!

Ou seja, quem sai das linhas da moderação, aprende no corpo o que um arcano pode ser =)

Tarot é vida. Da vida... não tem como negar!

Pietra, correndo para temperar de novo!


terça-feira, 13 de março de 2012

Uma segunda rainha para a Temperança

Rainha de Ouros deixada para ser encontrada.

A segunda que aparece nessa lunação.

Como juntar o carisma da Rainha de Paus com os fazeres da Rainha de Ouros e ser uma mulher melhor?

Tempera, Temperança. E uma coisa boa nasce daí.

Será que não temos um tanto, um pouco que seja de cada uma das rainhas em si?

Pietra

quinta-feira, 8 de março de 2012

Uma lua que tempera, uma rainha que sorri

Junto com o semestre, vem A Temperança para a minha lunação...
TouchStone Tarot
da Kat Black

O mais engraçado é que, nesse dia, meus gatos pisaram na pilha... só cartas femininas cairam no chão... Rainha de Paus. Sacerdotisa. Rainha de Copas.

Hoje, então, nesse primeiro dia de lua cheia e com um estranho 9 de espadas espreitando, eu quero sim, temperar a minha Rainha de Paus.

Mulher com fogo de ser e fazer.
Mulher que ama ser mulher.
É sim, um pedaço de mim!

Pietra

segunda-feira, 5 de março de 2012

Uma experiência online para dividir - leitura reflexiva

Morar em Vargem Grande Paulista me distancia de algumas coisas... E mais uma vez, o Mago Hermes, mostra coisas interessantes.

Semana passada fiz um pequeno encontro online com ex-alunos dos meus cursos para fazermos uma leitura de reciclagem com direito a uma leitura para outros.

É uma leitura que envolve arcanos maiores, menores, cortes e uma carta de conselho - essa última, tirada e lida por outra pessoa.

As três primeiras são para que possamos nos enxergar. Para que as pessoas não tenham medo de tarot para si =) E que possam confirmar passos, acertas suas caminhadas. Sem dúvida, ter outras pessoas interagindo com sua leitura é muito rico.

Então, vamos lá:

- Uma carta de corte. A primeira carta de corte que aparecer vem mostrar quem é você. A tire do maço pensando nisso. E olhe para ela. Se vc se reconhece nela? Ela expressa vc em seu momento?

- Um arcano menor. Ele dá o tom de como estamos. O naipe nos dá a área. E o número o que está acontecendo.

- Um arcano maior: nos conta qual é a melhor postura para fazer um bom caminho.

Claro que podemos ter aí várias cartas que consideramos "encardidas" e por um lado, acredito que o arcano maior nos ajuda a limpar essas coisas todas... Tem alvejante melhor do que uma Torre? Ou um estimulante melhor que O Mundo?

O interessante de ter cartas de todos os tipos nesse tipo de leitura de reflexão não é pensar que a vida está desmoronando ou que estamos regredindo numa coisa ou outra... mas que é um caminho de evolução, de aprender com todos os tipos de lição. Inclusive as de alegria. Sim, merecemos!


O que é importante saber: que para ter essas cartas da leitura, vc vai andando pelo deck, tirando cartas até que o que se deseja (maior, menor, corte) apareça.

Carta de conselho tirada por outra pessoa: nem sempre há um colega tarólogo para ajudar... como podemos fazer?
Penso em: pedir uma ajuda no Facebook... no Twitter... ou em aplicativos eletrônicos ou sites. Já pensou?
Aliás, menciono que o que eu mais gosto é o LWB - TouchStone Tarot da Kat Black para iPhone =)

Enfim...
Acredito piamente que ler tarot, falar tarot é como lidar com todas as linguagens que já temos: literatura, plástica, dramática, musical... ler e escrever... ler e falar... refletir. Fazemos isso por nós mesmos. Podemos usar o tarot para a mesma coisa. Se expressar, escrever, ler, conversar... e consigo!

Aproveite essa leitura para pensar em sua vida, em você... assim, afastamos nossos Diabos, nos Temperamos para um caminho muito 9 de ouros!

Pietra

domingo, 4 de março de 2012

Mago e Cavaleiro de Espadas

Abrir caminhos... eu vejo O Mago assim. Como um guardião de limiar que te apresenta, depois de uma gracinha, uma nova forma de fazer as coisas.

E uma parte do caminho, essa semana, foi ouvir um pouco das verdades duras do Cavaleiro de Espadas.

Eu penso nele como um herói, daqueles que vai e faz, e ataca e fala... Talvez seja aquele que coloque as perspectivas do que precisa ser feito ou de como a vida é de uma forma tão verdadeira, que chega a ser brutal.

Essa foi uma semana de verdades duras...

Verdades para talvez viver a vida de forma mais consciente =)

Pietra